22 de fev de 2010

A opinião da blogosfera

Tudo começou de forma meio simplista. Os blogs nada mais eram que diários virtuais, hoje praticamente extintos. Algumas pessoas logo perceberam que podiam fazer algo a mais com aquela ferramenta nova e passaram a produzir textos de opinião sobre o assunto que entendia e se interessava, seja política, quadrinhos, esportes, televisão, moda, filmes, entre outros tantos, definindo assim o real significado do verbo “blogar”. Hoje esta apalavra perdeu seu significado. Blogar hoje é na maioria das vezes postar imagens e vídeos da internet ou fotos de famosas nuas peladas sem roupa. Então eu me pergunto: Isso é blogar? Não. Eu assino o feed e até defendo que devam existir coisas como o Haznos, Brogui e o Kibe Loco, porque as pessoas gostam deste tipo de conteúdo. Mas eles não são blogueiros. Ser blogueiro é produzir algo novo ou transmitir suas opiniões. Se alguma imagem ou vídeo específico lhe chamou a atenção escreva um texto para dar o devido embasamento ao post. Do contrário, sua página será um mero replicador de material nem um pouco difícil de encontrar na internet. Mas se você não escreve nada, e mesmo assim é bem acessado e ainda enche o rabo de grana com propagandas esqueça tudo o que eu disse até agora. Melhor ser um não-blogueiro com dinheiro do que um blogueiro fudido como eu.
Blogar é escrever algo sobre o que você entende ou criar material novo, seja ilustrações, fotografias, tirinhas, ou textos de humor. A partir dividirei os blogs em duas categorias. Os que considero de opinião ou de conteúdo original são os Blogs e o restante são os blogs. Eu estou me esforçando pra pertencer à Blogosfera. Por isso continuarei postando textos que não interessam a ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário