21 de jan de 2010

Quiz



Já havia me cadastrado há certo tempo naquele jogo. Era tudo muito simples: você se cadastrava, eles te ligavam e você tinha que responder algumas perguntas. Eu nem saía mais de casa, e quando saía colocava um dos meus filhos ou minha esposa de prontidão ao lado do telefone (na época não existia celular). Cada chamada era um nascer de esperança. Normalmente era o meu chefe ligando pra avisar que eu faltasse mais um dia o emprego tava demitido.
Voltei a trabalhar, a casa em perene silêncio. Tudo o que pudesse impedir de se ouvir o toque do telefone mantinha-se desligado.
Até que um dia, sábado pra ser mais preciso, o telefone tocou e aminha família toda correu pra atender. Eu, que estava mais próximo cheguei primeiro e peguei o fone. Quase desmaiei ao ouvir a voz do locutor famoso do quis do rádio em que me cadastrara.
Fiquei pasmo, mandei chamar todo mundo que conhecia e até quem nunca vi na frente. Vizinhos, amigos, colegas de trabalho, o chefe, professores dos meus filhos. Qual era o prêmio? Uma casa, que eu queria mesmo já tendo conseguido comprar a minha. Mesmo assim o apresentador sempre fala: “Vai se livrar do aluguel, hein, amigo?”. E eu estava lá, faltava só uma pergunta, todo mundo com o ouvido colado ao rádio, esperando a continuidade do quiz. E o filho da mãe do locutor com aquele baita suspense chato!
“Última pergunta: Valendo uma casa! Qual a cor do cavalo Branco do Napoleão”. Eu, crente da resposta disse branco, óbvio. “A resposta está...” (acrescente meia hora de suspense aqui) “... ERRADA!” Como assim errada? Caí pra trás. Empacotei. Não soube como pude errar uma pergunta dessas. A aglomeração foi se dispersando pouco a pouco. E fiquei só. Porque quando se tem algo ou se é importante, mesmo que por pouco tempo, sempre haverá alguém ao seu redor.

2 comentários:

  1. Afinal de contas, qual é a cor do cavalo Branco?

    ResponderExcluir
  2. Joelma Alves10:56 AM

    Pois é,tbm fikei curiosa pra saber a cor do Cavalo Branco do Napoleão!!!!

    ResponderExcluir