19 de out de 2007

as coisas como são

ADVOGADO
É uma pessoa que escreve um documento de 10.000 palavras e o chama "sumário" (Franz Kafka)

AMIGA / AMIGO
Diz-se da pessoa do sexo oposto que tem esse "não sei o quê" que elimina toda intenção de querer deitar-se com ela / ele.

AMOR
Palavra de quatro letras, duas vogais, duas consoantes e dois idiotas.

ARQUITETO
Diz-se de um cara que não foi suficientemente "macho" para ser engenheiro, nem suficientemente bicha para ser designer.

CHATO
Pessoa que fala quando seria desejado que escutasse.

COMPUTADOR
Máquina inventada para resolver problemas que ainda não existiam antes da sua criação.

CONSULTOR
É alguém que tira o relógio do teu pulso, te diz a hora e te cobra por isso.

DANÇAR
É a frustração vertical de um desejo horizontal.

DIPLOMATA
É quem lhe diz vá a merda de um modo tal que você fica ansioso para começar a viagem.

FÁCIL
Diz-se da mulher que tem a moral sexual de um homem.

FÍSICO QUÂNTICO
É um homem cego em um quarto escuro, procurando por um gato preto que não está lá.

FUTEBOL
É com quem toda mulher se casa sem saber.

INDIFERENÇA
Atitude que adota uma mulher diante de um homem que não lhe interessa, que é interpretada por ele como "está se fazendo de difícil".

LÍNGUA
Órgão sexual que alguns degenerados usam para falar ou tomar sorvete.

MODÉSTIA
Reconhecer que alguém não é perfeito, mas não dizer a ninguém.

NINFOMANÍACA
Termo com o qual um homem define uma mulher que deseja fazer sexo mais freqüentemente que ele.

PROGRAMADOR
É o que te resolve um problema que você não sabia que tinha de uma maneira que você não compreende.

PSICÓLOGO
É aquele que olha todos os demais quando uma mulher atraente entra na sala.

REALISTA
É alguém que leva uma bomba de mentira quando voa, porque isso diminui as possibilidades de que haja outra bomba no mesmo avião. (Laurence J. Peter)

SUPERMODELOS
Evidência que todos nós fomos mal feitos.

TÉCNICO
Profissional apaixonado que sabe um pouco de tudo o que cerca sua área.

TRABALHO EM EQUIPE
Possibilidade de jogar a culpa nos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário